Numa combinação doce e equilibrada, emergem do estragão os paladares do manjericão, funcho e pimenta, tendo uma ampla variedade de utilizações, quer para fins culinários, quer para fins terapêuticos.

UTILIZAÇÃO CULINÁRIA
Infusões. Pratos de aves, carne e peixe, ovos, arroz, sopas e saladas. Confere um sabor original a queijos, vinagretes e azeite, e molhos, de uma maneira geral. Também faz parte das tradicionais ervas da Provence.
Descubra aqui as nossas receitas!

PROPRIEDADES TERAPÊUTICAS
O estragão está muito associado à purificação do organismo. É diurético e alivia dores artríticas, reumatismais e nevrálgicas. Atua no sistema digestivo, estimulando o apetite, controlando náuseas, arrotos e soluços, e agindo como laxante. É útil no tratamento de feridas.

RECOMENDAÇÕES
Grávidas, lactentes e crianças devem procurar aconselhamento médico.

CARACTERÍSTICAS GERAIS
Nome: Estragão (Artemisia dracunculus L.)
Parte da planta utilizada: Folhas

CARACTERÍSTICAS FISICO-QUÍMICAS
Sabor: Numa combinação doce e equilibrada, emergem os paladares do manjericão, funcho e pimenta.
Aparência: Folhas ligeiramente verde escuras.

 

 

Peso0,19 kg