De refrescante aroma e sabor a mentol, a hortelã-pimenta apresenta uma ampla variedade de utilizações, quer para fins culinários, quer para fins terapêuticos.

UTILIZAÇÃO CULINÁRIA
Para além das infusões, a hortelã-pimenta é utilizada para aromatizar e enfeitar as mais variadas confeções culinárias, desde pratos de carne, peixe e legumes a sopas e saladas, molhos, sobremesas, batidos e sumos.
Descubra aqui as nossas receitas.

PROPRIEDADES TERAPÊUTICAS
A sua infusão é essencial no combate a perturbações gastrointestinais, flatulência, cólicas, náuseas, etc.
Os óleos essenciais da hortelã-pimenta também se destacam no alívio de infeções e inflamações do aparelho respiratório (ações antigripal e descongestionante nasal). Constituem ainda um lenitivo para as dores e reduzem a hipersensibilidade quando aplicados na pele sob a forma de loção.

RECOMENDAÇÕES
Grávidas, lactantes, crianças e pessoas com doenças gástricas, intestinais e neurológicas devem procurar aconselhamento médico. Em pessoas sensíveis, o seu consumo pode provocar insónias.

CARACTERÍSTICAS GERAIS
Nome: Hortelã Pimenta (Mentha x piperita L.)
Parte da planta utilizada: Folhas

CARACTERÍSTICAS FISICO-QUÍMICAS
Sabor: Refrescante aroma e sabor a mentol.
Aparência: Folhas verde douradas.

 

Peso0,19 kg
Disponivel em

Embalagem Folha Solta, Embalagem Saqueta